Sexta-feira, Outubro 22
Home>>Cibersegurança>>Iniciativa evita o pagamento de quase US$ 1 bilhão em resgates de dados sequestrados
hacker
Cibersegurança

Iniciativa evita o pagamento de quase US$ 1 bilhão em resgates de dados sequestrados

Image by rawpixel.com

No More Ransom – a iniciativa iniciada em 2016 por policiais e empresas de segurança digital para ajudar vítimas de ransomware a restaurar seus arquivos – acaba de completar cinco anos. Neste período, mais de 6 milhões de pessoas foram beneficiadas com as ferramentas de descriptografia gratuitas – o que evitou que mais de 900 milhões de dólares fossem pagos em resgates.

O ransomware é um programa malicioso (malware) que usa criptografia para bloquear o acesso das vítimas a seus arquivos e solicita o pagamento de um resgate para liberar as informações. Nos últimos anos, esta ameaça se tornou extremamente popular, causando enormes danos às pessoas e às empresas ao redor do mundo.

Para ajudar no combate contra o ransomware, a Unidade Nacional de Crimes de Alta Tecnologia da Polícia Nacional Holandesa, o Centro Europeu de Crimes Cibernéticos da Europol, a Kaspersky e a McAfee criaram um site em 2016 para disponibilizar gratuitamente ferramentas que desbloqueiam a criptografia usada nos malware e, assim, permitir a recuperação dos dados sem pagar os cibercriminosos. Além dessas ferramentas, o site contém orientações de prevenção e instruções sobre como denunciar um cibercrime em diferentes países.

Desde a sua criação, a iniciativa cresceu e hoje conta com mais de 170 parceiros e oferece 121 ferramentas de descriptografia para os internautas. Ao todo, elas combatem 150 famílias de ransomware e, nos últimos cinco anos, cerca de seis milhões de pessoas baixaram-nas. De acordo com um dos especialistas do No More Ransom, a iniciativa impediu que os criminosos lucrassem de forma ilegal mais de 900 milhões de dólares.

A Kaspersky foi e continuará sendo um dos parceiros fundadores que contribuí com cinco ferramentas de descriptografia da iniciativa, que ajudam a recuperar dados criptografados de 32 famílias de ransomware. Desde 2016, essas ferramentas foram baixadas mais de 150.000 vezes.

“Estamos muito feliz em ajudar pessoas e empresas a recuperar seus arquivos sem paga o resgate. Continuamos lutando contra Ransomware com nossos parceiros do setor e agências regulatórias ao redor do mundo para ajudar ainda mais internautas”, afirma Jornt Van der Weil, pesquisador de segurança da Equipe Global de Pesquisadores e Analistas da Kaspersky.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *