Foto: Rawpixel.com

Análise de desempenho é algo já comum no mundo do futebol atual. E estou aproveitando que voltei ao curso da ótima solução da Microsoft, o Power BI, para tentar juntar o conhecimento nessa ferramenta com o futebol. Como estou morando na Grande Vancouver, pensei em analisar o desempenho do time de futebol daqui: o Vancouver Whitecaps. Peguei um recorte das temporadas da MLS de 2017 até 2021. Infelizmente, não tenho a conta para disponibilizar o arquivo de forma a ter todas as vantagens da atualização em tempo real. Mas vejam abaixo o que encontramos.

Performance analysis is already commonplace in today’s football world. And I’m taking advantage of the fact that I went back to studying Microsoft’s solution, Power BI, to combine knowledge of this tool with football. As I live in Greater Vancouver, I analyzed the football team’s performance here: the Vancouver Whitecaps. I’ve decided to study the MLS seasons from 2017 to 2021. Unfortunately, I don’t have the account to show the file with the real-time update. But look what we found below.

Clique na imagem para abri-la em tamanho original

A temporada com mais vitórias foi a primeira analisada, 2017. Apesar de 2021 ter sido apenas a terceira temporada em número de vitórias, ela coroa uma onda de crescimento do time de Vancouver.  A temporada com mais derrotas foi em 2019 e a de menor número de derrotas foi justamente a desse ano.

Quando o assunto é gols temos a divisão gols a favor (Goals For) e gols contra (Goals Against). Aqui o destaque fica para a temporada 2018 com 67 gols marcados pelo time de Vancouver. O número negativo mais destacado, ou seja, quando sofreu mais gols, foi, também em 2018: 54 gols sofridos.

Quando o assunto é vitórias em casa, a melhor marca foi este ano. Foram 10 vitórias. O melhor desempenho fora ficou empate nos anos de 2017 e 2018 com 6 vitórias em cada. O pior desempenho vencendo em casa foi no ano de 2019 com 5 vitórias e o pior desempenho vencendo fora foi no anos de 2020 e 2021 com apenas duas vitórias em cada temporada.

Temos também o número de derrotas. Onde, em casa, o ano com menos derrotas foi o de 2017 com apenas 3. E fora o ano com menos derrotas foi o de 2021 com 5. Já o ano com maior número de derrotas em casa foi o de 2019 com 7 derrotas. O pior desempenho fora de casa foram os anos de 2017 e 2019 com 7 derrotas em cada ano.

Por fim, o número de empates mostrou que em 2020 o time não empatou nem em casa e nem fora (ou perdeu ou ganhou). Assim, o ano com mais empates fora foi 2021: 10. Já o ano com mais empates em casa foram 2017, 2018 e 2019: cada um com 5 empates.

Interessante notar que o ano de 2020 teve menos jogos com 23 partidas ao contrário das 34 da fase classificatória. Isso porque ao invés das tradicionais conferências Leste e Oeste, o torneio foi dividido em seis grupos (o do Vancouver foi o B).

The season with the most wins was the first analyzed, 2017. While 2021 was only the third season in the number of wins, it caps a wave of growth for the Vancouver team. The season with the most defeats was in 2019, and the one with the fewest losses was precisely that year.

We have the division of Goals For and Goals Against when it comes to goals. The highlight is the 2018 season, with 67 goals scored by the Vancouver team. The most prominent negative number, that is, when they conceded the most goals, was in 2018: 54 goals conceded.

The best mark was 2021 when it comes to victories at home. There were 10 wins. The best away performance was tied in 2017 and 2018 with 6 wins each. The worst performance winning at home was in 2019 with 5 wins, and the worst performance winning away was in 2020 and 2021 with only two wins in each season.

We also have the number of defeats. At home, the year with the fewest losses was 2017, with only 3. And outside the year with the minor defeats was 2021 with 5. The year with the highest number of defeats at home was 2019, with 7 losses. The worst performance away from home was in 2017 and 2019, with 7 defeats each year.

Finally, the number of draws showed that in 2020 the team did not draw either at home or away (either lost or won). Thus, the year with the most draws away from home was 2021: 10. The year with the most ties at home was 2017, 2018, and 2019: each with 5 draws.

Interesting to note that the year 2020 had fewer games with 23 matches than 34 in the qualifying phase. That’s because instead of the traditional East and West conferences, the tournament was divided into six groups (Vancouver’s was B).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *