VestíveisXiaomi

Pesquisa mostra contínuo crescimento de uso de pulseiras e relógios inteligentes

Legenda: Mi Band 6 certamente ocupará muitos pulsos de brasileiros muito em breve. Foto: Xiaomi/Divulgação Segundo pesquisa da Panorama Mobile Time/Opinion Box de Junho de 2021, o crescimento contínuo no uso de wearables (dispositivos vestíveis como relógios e pulseiras inteligentes) chama atenção. Em novembro de 2018, quando a pesquisa questionou os entrevistados que tinham smartphone se também possuíam algum relógio inteligente ou pulseira inteligente que se comunicava com o celular, apenas 10% disseram que sim. Hoje, na pesquisa de junho de 2021, o número é de 24%. Se analisarmos a pesquisa imediatamente anterior, novembro de 2020, esse número era de 20%. Segundo a pesquisa, o uso de wearables é um pouco mais comum entre homens (27%) que entre mulheres (22%), e entre consumidores

Leia mais
Xiaomi

Com show de ilusionismo, Xiaomi traz Redmi Note 10 5G ao Brasil

O evento virtual da Xiaomi foi bem diferente, divertido e pra cima. Com um show dos ilusionistas Klauss Durães e Henry Vargas, a empresa chinesa, terceira maior fabricante de smartphones do mundo, anunciou a chegada do Redmi Note 10 5G ao Brasil. Com uma plateia virtual formada por jornalistas e youtubers, o aparelho foi mostrado. O Redmi Note 10 5G se destaca por comportar até dois chips 5G simultaneamente, tela de 90 Hz FHD e design com traseira curvada. A versão com 4GB de memória + 128GB de armazenamento pode ser encontrada no e-commerce oficial da marca e nas duas lojas físicas, localizadas nos shoppings Ibirapuera e Center Norte, em São Paulo. O preço recomendado é de R$ 2.699. Porém, no lançamento, custará R$ 2.299 e acompanhará o Xiaomi Mi True Wireless Earbuds Basic 2. Tela

Leia mais
SmartphoneXiaomi

Xiaomi traz o smartphone Mi11 para o Brasil por quase R$ 8 mil

A Xiaomi, terceira maior fabricante de smartphones do mundo, traz ao Brasil o smartphone Mi 11. O aparelho apresenta tela AMOLED HDR10 + 120Hz, a melhor câmera e sensor da Xiaomi para fotos e vídeos, processador Qualcomm Snapdragon 888, inédita interface MIUI 12.5 e bateria grande com carregamento ultrarrápido. A versão do Mi 11 com 8GB de RAM e 256GB de armazenamento já pode ser encontrada nas lojas oficiais da Xiaomi localizadas em São Paulo, no e-commerce da marca chinesa e nos canais parceiros espalhados pelo Brasil por R$ 7.999,99. Para quem comprar nos canais oficiais Xiaomi no Brasil, também tem a vantagem de contar com garantia, pós-venda com suporte para eventuais necessidades técnicas, além de contarem com a certificação de uso da ANATEL e demais órgãos nacionais regularizadores.

Leia mais
VestíveisXiaomi

Mi Smart Band 6 chega ao Brasil com medidor de saturação do oxigênio no sangue

A linha Mi Smart Band, da marca Xiaomi, deve ser um dos produtos mais usados da empresa chinesa no mundo, que se tornou líder global em vendas de wearables. Pois bem, agora está no Brasil, oficialmente, a Mi Smart Band 6. Entre as maiores novidades desta geração está o medidor de saturação do oxigênio no sangue (SpO₂). É possível obter análise do nível de oxigenação a qualquer hora, até mesmo durante uma atividade física ou dormindo. Além disso, a nova pulseira inteligente traz 30 opções de monitoramento de exercícios. O lançamento chega com o valor de R$ 699,99 e já pode ser encontrado nas lojas físicas da marca, localizadas em São Paulo, no e-commerce oficial da empresa e em parceiros comerciais espalhados pelo Brasil. No mercado cinza pode ser encontrada a partir de R$ 268,78 (fora o fr

Leia mais
SmartphoneXiaomi

O preço do seu smartphone é mais de 60% só impostos; saiba mais

O Redmi Note Pro10 poderia sair com um preço bem mais atrativo, mesmo na loja oficial, se não fossem tantos impostos a pagar. Foto: Xiaomi/Divulgação Vender smartphones no Brasil com a carga tributária pode não ser uma das missões mais fáceis. Se você não o faz aqui, ou seja, se importa, o problema pode ser ainda maior. Imaginem um smartphone de R$ 3.400, o Xiaomi Redmi Note 10 Pro, recém lançado. No mercado cinza, o mesmo aparelho, sem garantia oficial ou qualquer comprovação que é um aparelho 100% pronto para a rede 4G brasileira, ou seja, sem aprovação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), tem preço inicial em R$ 1.479. Aí vem a dúvida: vale a pena o investimento? E mais uma: por qual motivo o produto na loja oficial é tão mais caro. Vou começar mostrando para você as con

Leia mais
Xiaomi

Redmi Note 10 chega com câmera de 108MP e carregador rápido

Redmi Note 10 Pro promete muita potência por até R$ 3.999,99 na loja oficial. Foto: Xiaomi/Divulgação A linha Redmi Note, da Xiaomi - terceira maior fabricante de smartphones do mundo – é complementada no Brasil com os novos modelos Redmi Note 10 Pro e Redmi Note 10S. Os aparelhos se destacam pelo conjunto de câmera, no modelo Pro com 108MP, carregamento rápido de 33W e tela AMOLED, característica que era encontrada somente nos aparelhos da linha Mi (Flagships). Os smartphones chegam nas versões com 6GB+64GB e 6GB+128GB. O Redmi Note 10 Pro começa a ser comercializado nesta quarta-feira (5), pelo e-commerce oficial da marca, nas duas lojas físicas, localizadas nos shoppings Ibirapuera e Center Norte, em São Paulo/SP, e nos principais varejos online parceiros da marca no Brasil. O Re...

Leia mais