CibersegurançaRedes sociaisSlider

Proteja seu Instagram das ameaças mais comuns na plataforma

O Instagram completa 11 anos hoje e é a quarta rede social mais usada no mundo, com mais de 1.3 milhão de pessoas ativas, compartilhando todo tipo de imagens, vídeos e stories com conhecidos e desconhecidos. Essa plataforma evoluiu de tal forma que hoje é uma vitrine para comprar e vender produtos e serviços. Essa relevância tornou a rede social um alvo atraente para cibercriminosos e, portanto, golpes são cada vez mais comuns na plataforma. O Instagram soube aproveitar a oportunidade que a pandemia trouxe para o e-commerce. Um estudo da Kaspersky revelou que, durante o distanciamento social, 79% dos brasileiros dedicaram seu tempo online para se conectar nas redes sociais e 52% migraram suas compras físicas para a modalidade online. Os cibercriminosos sabem que muitas pessoas e empr

Leia mais
Cibersegurança

Entregas falsas e spam por WhatsApp marcam os ciberataques no 2º trimestre de 2021

Image by rawpixel.com Segundo levantamento da Kaspersky, empresa internacional de segurança e privacidade digital, as alterações na rotina decorrentes da pandemia da Covid-19 ainda servem como armadilha para os usuários. Porém, as iscas usadas para enganar as pessoas têm mudado, acendendo um alerta para a sofisticação dos cibercriminosos. No ano passado, no Brasil foram contabilizados 44,1 milhões de bloqueios de phishing, de acordo com a Kaspersky. Em 2021, levando-se em conta o período entre abril e junho, foram barrados 8,3 milhões de tentativas de roubo de dados a partir de links maliciosos. Desde o ano passado, para se ter uma ideia, os golpistas têm se aproveitado dos entraves logísticos, como a interrupção das entregas, para fazer o usuário abrir links de phishing presentes

Leia mais