CibersegurançaRedes sociaisSlider

Proteja seu Instagram das ameaças mais comuns na plataforma

O Instagram completa 11 anos hoje e é a quarta rede social mais usada no mundo, com mais de 1.3 milhão de pessoas ativas, compartilhando todo tipo de imagens, vídeos e stories com conhecidos e desconhecidos. Essa plataforma evoluiu de tal forma que hoje é uma vitrine para comprar e vender produtos e serviços. Essa relevância tornou a rede social um alvo atraente para cibercriminosos e, portanto, golpes são cada vez mais comuns na plataforma. O Instagram soube aproveitar a oportunidade que a pandemia trouxe para o e-commerce. Um estudo da Kaspersky revelou que, durante o distanciamento social, 79% dos brasileiros dedicaram seu tempo online para se conectar nas redes sociais e 52% migraram suas compras físicas para a modalidade online. Os cibercriminosos sabem que muitas pessoas e empr

Leia mais
CibersegurançaSecundárias

Kaspersky detecta trojan se propagando como mod do WhatsApp

Imagem: Rawpixel.com A Kaspersky, empresa de cibersegurança e privacidade digital, identificou um mod malicioso do WhatsApp Messenger em circulação, conhecido como FMWhatsApp, e é uma modificação não-oficial do aplicativo. Porém, esta aplicação contém um trojan chamado Triada que pode exibir anúncios, realizar assinaturas não solicitadas e interceptar SMSs das vítimas. De acordo com as detecções da empresa entre janeiro de 2020 e agosto de 2021, o México e o Brasil são os países latino-americanos onde o trojan está mais ativo com 2.474 e 2.327 bloqueios no período - no ranking global, os países ocupam a 6ª e 7ª posições respectivamente. A ameaça ainda está presente na Venezuela (690), Colômbia (636), Peru (362), Argentina (311), Equador (226) e Chile (160). Este malware atua como

Leia mais
Cibersegurança

Malware brasileiro se internacionaliza com foco em ataques ao mobile banking

Foto: Imagem de mohamed Hassan por Pixabay A Kaspersky descobre a família de trojans bancários móveis TwMobo e confirma três tendências importantes: o crescimento do interesse dos cibercriminosos nas fraudes via celular, a internacionalização das ameaças móveis brasileiras para a América Latina, Europa e EUA, e a preferência pelos RATs (Remote Access Trojan) - malware que permite burlar os mecanismos de dupla autenticação, que usam a digital, reconhecimento facial ou tokens digitais no celular. O aumento das transações bancárias e no e-commerce, motivado pelas regras de isolamento social aplicadas no combate ao coronavírus, e a consequente aceleração da transformação digital, resultou em preocupação com o crescimento das fraudes online - acelerando a adoção de tecnologias de dupla au

Leia mais
Cibersegurança

Ciberataques crescem 23% no Brasil em 2021, afirma Kaspersky

Image by rawpixel.com O Panorama de Ameaças 2021 da Kaspersky - levantamento anual feito pela equipe de Pesquisa e Análise da empresa na América Latina - mostra aumento de 23% dos ciberataques no Brasil, nos oito primeiros meses de 2021, em comparação com o mesmo período do ano anterior. O relatório leva em conta os 20 malwares mais populares. Juntos, eles totalizaram 481 milhões de tentativas de infecção - média de 1.395 bloqueios por minuto. A conclusão dos especialistas é clara: a segurança do trabalho remoto precisa ser levada a sério e a pirataria deve ser removida das casas e ambientes empresariais. A tendência de crescimento é verificada em todos os países da América Latina - exceto pela Costa Rica, com queda de 2%. A lista é liderada por Equador (75%), Peru (71%), Panamá (60%

Leia mais
Cibersegurança

Entregas falsas e spam por WhatsApp marcam os ciberataques no 2º trimestre de 2021

Image by rawpixel.com Segundo levantamento da Kaspersky, empresa internacional de segurança e privacidade digital, as alterações na rotina decorrentes da pandemia da Covid-19 ainda servem como armadilha para os usuários. Porém, as iscas usadas para enganar as pessoas têm mudado, acendendo um alerta para a sofisticação dos cibercriminosos. No ano passado, no Brasil foram contabilizados 44,1 milhões de bloqueios de phishing, de acordo com a Kaspersky. Em 2021, levando-se em conta o período entre abril e junho, foram barrados 8,3 milhões de tentativas de roubo de dados a partir de links maliciosos. Desde o ano passado, para se ter uma ideia, os golpistas têm se aproveitado dos entraves logísticos, como a interrupção das entregas, para fazer o usuário abrir links de phishing presentes

Leia mais
Cibersegurança

Kaspersky lança treinamento de conscientização para LGPD

Imagem: Kaspersky Em maio deste ano, a Kaspersky anunciou o lançamento de sua plataforma de treinamento de conscientização em segurança totalmente em português. Agora, estreia o curso sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Criado em três níveis, o conteúdo explica de forma simples o objetivo da regulamentação, como se aplica às empresas e as funções de cada funcionário para manter a conformidade e evitar violações. Desde setembro de 2020, a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei nº 13.709/2018 - LGPD) está em vigor, mas no último dia 1º de agosto a fase informativa se encerrou e agora todas as empresas precisam estar em conformidade com as práticas de proteção de dados previstas na regulamentação. Para ajudar as organizações a disseminar conhecimento e práticas necessárias para

Leia mais
Cibersegurança

Um terço das empresas sofreram com ataques por causa de senhas e políticas fracas de segurança

Image by rawpixel.com A internet não perdoou e transformou o atleta iraniano em um meme que ganhou popularidade durante as disputas da canoagem nas Olimpíadas em Tóquio 2020. A imagem traz o sobrenome de Ali Aghamirzaeijenaghad como sugestão de senha forte. A atenção gerada serve de alerta sobre a importância da gestão das senhas no ambiente corporativo. Pesquisa da Kaspersky mostra que quase um terço das organizações brasileiras (31%) tiveram problemas com incidentes de phishing ou ataques de engenharia social no último ano - sendo que 12% dos respondentes afirmaram que o ataque resultou em vazamento de dados. "O conceito de segurança clássico (firewall, proxy e o endpoint tradicional) foi criado para manter os criminosos do lado de fora da rede corporativa - é como um castelo m

Leia mais
Cibersegurança

Novos golpes via SMS exploram o PIX para roubar usuários, alerta a Kaspersky

Image by rawpixel.com Cibercriminosos brasileiros criaram um esquema para roubar dinheiro das vítimas desatentas. Eles estão usando mensagens falsas via SMS e oferecendo descontos em faturas de celular ou de cartão de crédito para enganá-las. Segundo os especialistas da Kaspersky, que analisaram o golpe, houve uma evolução, pois ele era realizado por meio do envio de faturas falsas por e-mail, mas agora o esquema se aproveita da rapidez e da facilidade do SMS e do PIX, que já foi massivamente adotado pela população desde seu lançamento. As mensagens chegam por SMS e prometem um desconto caso o pagamento seja realizado pelo PIX. No primeiro golpe identificado pela Kaspersky, que traz na mensagem o suposto desconto na fatura do celular, são oferecidos R$ 35,90 de abatimento na conta e

Leia mais
Aplicativo

Quase metade dos brasileiros confiam na inteligência artificial para encontrar um(a) parceiro(a)

Imagem: Kaspersky/Divulgação O estudo global da Kaspersky "O Amor na era do Algoritmo" revela que a maioria dos brasileiros aceitam bem o papel da Inteligência Artificial (IA) usada nos aplicativos de paquera: 47% dos entrevistados afirmaram confiar na seleção feita por máquinas e 66% disseram que estas recomendações corresponderam totalmente às suas preferências. Os apps de paquera usam algoritmos inteligentes para ajudar os usuários a encontrarem parceiros entre perfis compatíveis com o seu próprio. Neste sentido, 48% dos brasileiros concordaram que a tecnologia tornou o processo de busca mais fácil. Além disso, 46% afirmaram que só se encontrariam com pessoas recomendadas pelo algoritmo. Os resultados mostram ainda que há uma diferença clara entre confiar na IA e depender dela,

Leia mais
Cibersegurança

Brasileiros desejam aula presencial e ensino de programação digital para seus filhos

Foto: U.S. Department of Energy As mudanças no mercado de trabalho decorrentes do avanço tecnológico preocupam a maioria dos pais com filhos em idade escolar. A pesquisa "Parents, Teachers and Kids", realizada entre abril e maio deste ano pela Kaspersky, empresa internacional de cibersegurança e privacidade digital, revela que sete em cada dez brasileiros gostariam que suas crianças recebessem formação nas áreas de programação e robótica. O avanço da Covid-19 e a necessidade de isolamento aceleraram a inserção de processos digitais em praticamente todos os segmentos econômicos, evidenciando a importância de profissionais com maior conhecimento tecnológico. De acordo com a pesquisa, 89% dos brasileiros entrevistados considerariam positivo que crianças e jovens tivessem acesso a uma ed

Leia mais