CibersegurançaSlider

Malware Formbook afetou mais de 5% das organizações no Brasil

Foto: rawpixel.com A Check Point Research (CPR), divisão de Inteligência em Ameaças da Check Point Software Technologies, uma fornecedora de soluções de cibersegurança global, divulgou o Índice Global de Ameaças referente ao mês de agosto de 2021. Os pesquisadores relataram que o Formbook é agora o malware mais predominante no ranking mensal no mundo, assumindo o lugar de liderança do Trickbot, o qual caiu para o segundo lugar após ter liderado o índice por três meses consecutivos. O Formbook é um infostealer, um malware que rouba credenciais de vários navegadores da web, captura imagens, monitora e registra digitação de teclas e pode baixar e executar arquivos de acordo com as ordens de comando e controle (C&C). No mundo, 4,5% das organizações foram impactadas pelo Formbook,

Leia mais
CibersegurançaSecundárias

Kaspersky detecta trojan se propagando como mod do WhatsApp

Imagem: Rawpixel.com A Kaspersky, empresa de cibersegurança e privacidade digital, identificou um mod malicioso do WhatsApp Messenger em circulação, conhecido como FMWhatsApp, e é uma modificação não-oficial do aplicativo. Porém, esta aplicação contém um trojan chamado Triada que pode exibir anúncios, realizar assinaturas não solicitadas e interceptar SMSs das vítimas. De acordo com as detecções da empresa entre janeiro de 2020 e agosto de 2021, o México e o Brasil são os países latino-americanos onde o trojan está mais ativo com 2.474 e 2.327 bloqueios no período - no ranking global, os países ocupam a 6ª e 7ª posições respectivamente. A ameaça ainda está presente na Venezuela (690), Colômbia (636), Peru (362), Argentina (311), Equador (226) e Chile (160). Este malware atua como

Leia mais
Cibersegurança

ESET analisa ransomware; alvo são governos e empresas

Crédito: ESET/Divulgação A ESET, empresa líder em detecção proativa de ameaças, compartilha as principais características do ransomware Ryuk, que tem estado muito ativo desde o início da pandemia do Covid-19. Na maioria dos casos, esse tipo de malware tem como alvo instituições com grande capacidade de recursos e visa criptografar os arquivos da máquina da vítima para torná-los inacessíveis e, em seguida, extorquir dinheiro dela, pedindo um pagamento, em criptomoedas, para sua recuperação. Ryuk tem sido um dos grupos de ransomware que mais trabalham desde o início da pandemia, causando um grande número de vítimas, incluindo várias organizações governamentais e grandes empresas. Isso se deve à sua estratégia de realizar ataques altamente direcionados às vítimas que possuem recursos su

Leia mais
Cibersegurança

Malware brasileiro se internacionaliza com foco em ataques ao mobile banking

Foto: Imagem de mohamed Hassan por Pixabay A Kaspersky descobre a família de trojans bancários móveis TwMobo e confirma três tendências importantes: o crescimento do interesse dos cibercriminosos nas fraudes via celular, a internacionalização das ameaças móveis brasileiras para a América Latina, Europa e EUA, e a preferência pelos RATs (Remote Access Trojan) - malware que permite burlar os mecanismos de dupla autenticação, que usam a digital, reconhecimento facial ou tokens digitais no celular. O aumento das transações bancárias e no e-commerce, motivado pelas regras de isolamento social aplicadas no combate ao coronavírus, e a consequente aceleração da transformação digital, resultou em preocupação com o crescimento das fraudes online - acelerando a adoção de tecnologias de dupla au

Leia mais
Cibersegurança

Ciberataques crescem 23% no Brasil em 2021, afirma Kaspersky

Image by rawpixel.com O Panorama de Ameaças 2021 da Kaspersky - levantamento anual feito pela equipe de Pesquisa e Análise da empresa na América Latina - mostra aumento de 23% dos ciberataques no Brasil, nos oito primeiros meses de 2021, em comparação com o mesmo período do ano anterior. O relatório leva em conta os 20 malwares mais populares. Juntos, eles totalizaram 481 milhões de tentativas de infecção - média de 1.395 bloqueios por minuto. A conclusão dos especialistas é clara: a segurança do trabalho remoto precisa ser levada a sério e a pirataria deve ser removida das casas e ambientes empresariais. A tendência de crescimento é verificada em todos os países da América Latina - exceto pela Costa Rica, com queda de 2%. A lista é liderada por Equador (75%), Peru (71%), Panamá (60%

Leia mais
Cibersegurança

Criminosos podem invadir seu Kindle; saiba como

Foto: Pixaby Imagina baixar um livro pra ler e ganhar conhecimento, mas ao invés disso ter uma enorme dor de cabeça com uma invasão. Sim, através de um e-book malicioso - os hackers não têm limites - o criminoso poderia ter acesso ao seu Kindle e roubar informações dentro do aparelho e até mesmo alcançar acesso a conta da Amazon da vítima. O problema foi descoberto pelos especialistas da Check Point Research (CPR), divisão de Inteligência em Ameaças da Check Point Software Technologies, uma fornecedora líder de soluções de cibersegurança global. A empresa identificou vulnerabilidades de segurança no Amazon Kindle, o leitor eletrônico mais popular do mundo. Se a exploração fosse bem-sucedida, ela seria desencadeada pela abertura de um e-book malicioso em um dispositivo Kindle e, ao en

Leia mais
Cibersegurança

Iniciativa evita o pagamento de quase US$ 1 bilhão em resgates de dados sequestrados

Image by rawpixel.com No More Ransom - a iniciativa iniciada em 2016 por policiais e empresas de segurança digital para ajudar vítimas de ransomware a restaurar seus arquivos - acaba de completar cinco anos. Neste período, mais de 6 milhões de pessoas foram beneficiadas com as ferramentas de descriptografia gratuitas - o que evitou que mais de 900 milhões de dólares fossem pagos em resgates. O ransomware é um programa malicioso (malware) que usa criptografia para bloquear o acesso das vítimas a seus arquivos e solicita o pagamento de um resgate para liberar as informações. Nos últimos anos, esta ameaça se tornou extremamente popular, causando enormes danos às pessoas e às empresas ao redor do mundo. Para ajudar no combate contra o ransomware, a Unidade Nacional de Crimes de Alta T

Leia mais
Cibersegurança

Malware disfarçado de nova versão do Windows circula na internet

Em 24 de junho, a Microsoft anunciou uma nova versão de seu sistema operacional, o Windows 11, que será lançado para desktops no final deste ano. Entretanto, como a novidade já está disponível para download e compra antecipada, a Kaspersky descobriu que a novidade está sendo usada por cibercriminosos para distribuir malware. Para entender como os fraudadores estão tentando enganar os internautas, os pesquisadores da Kaspersky analisaram arquivos maliciosos que parecem ser a atualização do sistema operacional. Durante o primeiro mês após seu lançamento, foram detectadas e impedidas 850 tentativas de infectar usuários por meio de malware disfarçados de Windows 11. Os especialistas da empresa de cibersegurança também destacaram a diversidade das ameaças: desde downloads e adwares relati

Leia mais
Cibersegurança

Polícia espanhola prende gangue que distribuía malware brasileiro

Legenda: Guarda Civil espanhola. Foto: Governo da Espanha A Guarda Civil espanhola anunciou nesta quarta-feira, 14, que desmontou um grupo especializado em fraudes financeiras pela Internet ao prender 16 pessoas ligadas às operações dos trojans bancários Grandoreiro e Melcoz - malware brasileiros para roubar o Internet Banking. Ao total, a polícia bloqueou operações financeiras que somam 3,5 milhões de euros. Para os especialistas da Kaspersky que monitoram estes grupos, a operação é positiva, mas os bancos devem manter a vigilância, pois a ameaça não foi neutralizada. Em julho de 2020, os analistas de segurança da Kaspersky na América Latina anunciaram a internacionalização de quatro famílias de trojans brasileiros para o restante da região e outras partes do mundo, especialmente a

Leia mais
Cibersegurança

Cresce o número de golpes com e-mails falsos

Baseado na técnica de falsificar e-mails de remetentes legítimos, os casos de spoofing vêm crescendo acentuadamente nos últimos meses. O golpe é formado a partir da adulteração do cabeçalho "De" das mensagens - ou seja, a forma como o nome e o endereço do remetente aparecem. O SMTP, principal protocolo de transmissão de e-mail, não oferece proteção contra esta ameaça, tornando o uso bastante fácil para os cibercriminosos. Segundo dados da Kaspersky, entre abril e maio deste ano, o número total de casos detectados de ataques deste tipo quase dobrou, passando de 4.440 para 8.204. O spoofing de e-mail, como é conhecido, consiste na criação de mensagens falsas, mas que parecem legítimas, com o objetivo de induzir os usuários a tomarem uma ação que beneficie o fraudador, como: download de ma

Leia mais