NegóciosSmartphone

Mercado de celular fecha 1º trimestre em alta; números não animam

O mercado de celular no Brasil cresceu 3% no primeiro trimestre de 2021. Nos três primeiros meses desse ano, foram vendidos 11.873.760 aparelhos, sendo 11.167.500 smartphones e 706.260 feature phones, segundo o estudo IDC Brazil Mobile Phone Tracker Q1 2021, realizado pela IDC Brasil, empresa de inteligência de mercado, serviços de consultoria e conferências com as indústrias de Tecnologia da Informação e Telecomunicações. Comparado ao primeiro trimestre de 2020, que teve queda de 8,7%, e considerando os efeitos da segunda onda da pandemia, o crescimento de 3% até poderia animar a indústria, mas, segundo Renato Murari de Meireles, analista de pesquisa e consultoria em Consumer Devices da IDC Brasil, o cenário não é de otimismo. "Prevendo a falta de componentes, alguns players anteciparam o

Leia mais
Mercado de TISmartphone

Venda de celulares teve queda menor do que esperado

Como todos os mercados, o de celular também sofreu os impactos da pandemia de Covid-19, mas bem menos do que se esperava. Com um total de 48.744.173 milhões de aparelhos vendidos no Brasil em 2020, o ano fechou em queda de 8% e ficou em linha com o movimento mundial, que recuou 7%. "Quando a pandemia começou, projetamos três cenários: otimista, pessimista e provável. Em linha com o mercado, a tendência era de um cenário provável, com queda de 19%, mas felizmente o mercado reagiu muito melhor, o celular se mostrou como um dispositivo ainda mais indispensável e iniciativas de fomento ao consumo, como a liberação do auxílio emergencial, equilibraram a categoria", explica Renato Murari de Meireles, analista de pesquisa e consultoria em Mobile Phones & Devices da IDC Brasil, empresa líder ...

Leia mais